visitazonahistoricaBaionaStaLibeerata
Viagens

Visita à zona histórica de Baiona

Decidimos fazer uma visita à zona histórica de Baiona quando acampamos lá perto. A ideia era pelo menos um dia de turismo.

Em Baiona faz-se uma caminhada sem pressa e ainda usufrui da maravilhosa comida gallega, que tem frutos do mar como ponto alto da culinária.

Pode aproveitar quando estiver visitando umas das praias da Galícia por exemplo, e fazer uma paradinha por lá!

Baiona fica protegida do mar aberto por causa da baía que a envolve, tornando o lugar ainda mais acolhedor.

visitaazonahistorica_CasadoConcello
Casa do Concello – Ruta do Casco Histórico

Rota da zona histórica:

Ao chegarmos fomos ao centro de informações turísticas na avenida principal da praia da ribeira, onde nos deram um folder com várias opções de rotas na cidade.

Escolhemos a Ruta do Casco histórico como opção de passeio a pé.

O folder abaixo mostra os 13 pontos dessa rota.

Mais à frente deste tópico, estão outros pontos importantes que não fazem parte desse circuito, no entanto são bastante procurados.

visitaZonahistoricaBaiona_folderRota
Folder com a rota da Zona histórica

Uma curiosidade interessante da cidade é que foi no Porto de Baiona que chegou a caravela de Pinta, em março de 1493, ao descobrir a América.

Caso tenha mais interesse no assunto, é possível visitar o museu que tem uma réplica da caravela.

Um dos pontos mais visitados de Baiona é a Virgen de La Roca, mas como queríamos nos concentrar no centro histórico, optamos por não ir. Porém, vale a visita porque pela vista que tem do monte para a cidade e a baía.

Além disso, outro local é a Fortaleza de Monte do Boi (ou Castelo de Monterreal), na praia da Ribeira. Essa visita ao Castelo tem um circuito próprio e dura em média 1h e 30m.

Caso tenha tempo e disposição, o interessante é escolher os roteiros de acordo com o seu interesse.

Acima de tudo, sem pressa! A cidade merece ser visitada aproveitando cada ruela do centro histórico ou da beira mar.

Pontos Interessantes do Casco Histórico:

Neste parágrafo estão pontuados alguns locais mais turísticos de Baiona. Além disso, estão detalhados os poucos que visitamos.

A ideia não era correr todos os pontos. O mais importante era despertar nas crianças o interesse pelo conhecimento de outras culturas.

Igreja Santa Maria de Baiona

Um dos pontos que paramos foi na Igreja de Santa Maria de Baiona (ex-colexiata Santa Maria), construída entre os séculos XII e XV. Seu interior tem várias imagens que remetem a signos religiosos e mágicos ancestrais.

Ao que indica, as figuras foram feitas pelos trabalhadores que construíram a igreja durante os 3 séculos de transformações.

Capela de Santa Liberata

Uma outra opção é conhecer a capela da Santa Liberata que tem uma história curiosa.

Uma placa na capela explica que a Santa Liberata, suas 8 irmãs e sua ama foram perseguidas pelo imperador Adriano no Século I, posteriormente condenadas por serem cristãs.

A Santa Liberata foi a primeira mulher a morrer em uma cruz.

Visite a região da Galícia

Em suma, a região da Galícia é conhecida pelas suas magníficas praias, ilhas, uma gastronomia rica em frutos do mar e cidades históricas que valem a pena conhecer.

Além disso, a região abarca muitos campings e hotéis que lotam no verão, a maioria das cidades têm noites animadas durante todo o ano.

Para quem mora no norte de Portugal, é só atravessar a fronteira e aproveitar as maravilhas dos nossos vizinhos galegos. Portanto, vale a pena conferir aqui mais opções de turismo na região.

O mais importante é programar bem o roteiro. A Galícia tem muitos atrativos e muita história! Certamente, você vai conseguir aproveitar de tudo um pouco.

Olá, eu sou Fabíola, brasileira nascida em Recife / Pernambuco, moro atualmente em Portugal. Migrei para a cidade do Porto a primeira vez em 2001 onde vivi por quase 9 anos. Voltei pro Brasil com meu marido Leandro, tivemos dois filhos, Tomás (9), Melissa (5) e voltamos a viver no Porto em janeiro de 2019 para uma “segunda temporada”. Aqui você vai encontrar nossas aventuras da primeira vez que moramos em Portugal, e também histórias dessa nova fase. Bem vindo ao nosso cantinho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *